As Rodadas Decisivas do Brasileirão 2012

Com jogos cada vez mais tensos, o Brasileirão chega a suas rodadas decisivas, e mais uma vez os últimos jogos foram marcados por polêmicas de arbitragem. Com o empate do Atlético-MG por 1 a 1 diante do Flamengo, o Fluminense abriu uma vantagem de oito pontos e só depende dele próprio para ser tetracampeão nacional. Pra não deixar de ser recorrente, o Galo saiu de campo reclamando de um pênalti sobre Ronaldinho Gaúcho, em partida com uma série de lances grosseiros e três expulsões: uma em campo, Wellington Silva, lateral do Flamengo, e duas no banco de reservas, o técnico Dorival Júnior e Carlos César, reserva do Atlético-MG. O Galo não esperava encontrar dificuldades quanto à defesa rubro-negra. A forte marcação do time carioca foi suficiente para segurar o resultado empatado durante praticamente todo o segundo tempo.

O resultado, sem dúvidas, só beneficiou o líder Fluminense, que aumentou a vantagem sobre o time mineiro. Agora são oito pontos de diferença, restando apenas cinco rodadas, ou seja, 15 pontos na disputa.

A 33° rodada teve a maioria dos seus jogos no sábado (27). No Beira-Rio, o Internacional venceu o Palmeiras, que briga pra não cair para a Série B, por 2 a 1. Porém, o jogo ficou marcado por um lance polêmico. Após uma cobrança de escanteio, o atacante Barcos fez um gol de mão. O árbitro Francisco Carlos Nascimento fez que correu para o meio-de-campo, mas voltou atrás e anulou o lance logo em seguida. O Palmeiras acusa o delegado da partida de ter perguntado para uma repórter, que televisionava o jogo, se o atacante tinha feito o gol de mão ou não. Com a confirmação da repórter, o delegado comunicou ao quarto árbitro, Jean Pierre Lima, que avisou ao árbitro principal. O alviverde levou o caso para a justiça desportiva, o STJD, alegando que, de acordo com o regulamento da FIFA, é proibida qualquer ajuda de terceiros para definir um lance.

A rodada também ficou marcada pelo antijogo, o recorde em número de faltas na Série A foi batido. Ao todo, foram 399 faltas. Nos jogos Internacional 2 X 1 Palmeiras, Atlético-MG 1 X 1 Flamengo, Bahia 1X1 Grêmio, sete cartões amarelos foram aplicados, sem contar os vermelhos.