Alertas e cuidados com a diarreia

Se o conhecimento popular da diarreia é um fato inegável, o mesmo não se pode dizer de suas causas e maneiras de tratamentos corretos sobre a infecção. Entre jovens e adolescentes, contrair a doença é motivo de algumas brincadeiras; Para os adultos, ser infectado pelo vírus significa o cancelamento dos compromissos e uma longa rotina de repouso junto ao banheiro.

A falta de conhecimento da infecção é tão comum, que o que geralmente acontece é o infectado ingerir o vírus aleatoriamente a ponto da doença se ativar e o indivíduo não conseguir identificar a real fonte de sua infecção. Para aprender um pouco mais sobre esta e se prevenir, é necessário entender sobre os dois tipos de diarreia e suas causas:

Aguda –

As principais diferenças entre uma e outra é justamente a intensidade com que os sintomas aparecem. Para a versão Aguda um período de tempo menor (apenas alguns dias com o problema) e a causa é marcada por algum vírus ou bactéria direta que a transmite diretamente. Para os casos mais comuns, é importante saber que a diarreia é causada quando o indivíduo ingeri água e/ou alimentos contaminados por bactérias, vírus ou parasitas que já estiveram hospedados em fezes humanas e/ou de animais. O que nem todo mundo sabe, é que o consumo exagerado de bebidas alcoólicas ou cafeína também pode causar a doença e

Crônica –

Ainda mais preocupante, a Diarreia Crônica é caracterizada por seu período de crise persistente entre três a quatro semanas, podendo acusar a existência de algumas doenças mais graves no intestino. Por conta disso, a infecção Crônica dificilmente será motivada da mesma forma que a Aguda.

Por isso, o problema é ainda mais comum em locais onde há falta de saneamento básico.

Medicamento Annita – Bula prescrita é fundamental para utilização do remédio no tratamento da doença

medicamento-annita-nitazoxanida-diarreia-infantilO medicamento Annita Nitazoxanida é reconhecidamente como um dos principais combatentes para o tratamento nos casos da doença. O grande problema em questão se repete para a maioria das doenças contraídas pela população, que geralmente tem o péssimo hábito de resolver todo e qualquer tipo de doença sozinho sem qualquer tipo de instrução médica.

Pensando para os casos da versão Crônica, o tratamento pode ser prejudicado e as consequências agravadas causadas pela falta de instrução e o próprio desconhecimento do assunto. A consulta médica geralmente acontece quando o caso fica grave, e este é erro quando os próprios infectados decidem tomar medicação sem o auxílio dos profissionais. Para este caso em específico, consultar a bula do Annita com a indicação do médico será fundamental para o sucesso do tratamento ser efetivado.

A importância da prevenção da diarreia infantil

perigos-da-diarreia-para-criancas-pequenasComprovadamente reconhecida como a doença com o segundo maior índice de mortalidade entre crianças com menos de 5 anos de idade. Os números assustam e surpreendem pelo fato de não haver uma conscientização que enfatize os perigos da diarreia infantil. A UNICEF, por intermédio de pesquisas, constatou que apenas 39% das crianças infectadas pelos vírus recebem o suporte necessário e recomendado para o tratamento, e os dados alertam principalmente as zonas que sofrem com a falta de investimento no saneamento básico (Como exemplos, as comunidades e regiões carentes do Norte-Nordeste no Brasil e a África como uma grande questão mundial).

O auxílio do zinco no combate da diarreia infantil

No desenvolvimento do vírus e dos sintomas, uma das principais características é a perda do zinco através das fezes que também a caracterizam. Sem o trabalho de reposição deste zinco perdido no processo, a gravidade e duração dos sintomas aumentam e o resultado pode ser o desenvolvimento de um novo quadro clínico ainda pior.

A partir disso alguns remédios e medicamentos que funcionam como suplementação em zinco fazem parte da recuperação das crianças menores de 5 anos de idade, porque estas sofrem com o pior que a doença tem a oferecer. O zinco tem um papel fundamental na produção e funcionamento de mais de 300 enzimas no corpo humano, fazendo com que a manutenção do intestino possa ser realizada com regularidade. Esta suplementação à base do zinco pode ajudar na redução de até 25% de todo o processo e desenvolvimento da doença, além de auxiliar a regeneração do tecido atingido pela bactéria. Importante destacar a utilização dos suplementos para os casos infantis da doença, porque são estes que enfrentam consequências e estágios mais graves da diarreia.