A Transmissão dos Sinais Emocionais pelas Crianças

O homem apresenta dificuldades em saber lidar com as emoções.

O autor “Gdmar” publicou um livro INTELIGÊNCIA EMOCIONAL preocupado com essas dificuldades. O livro fala sobre as múltiplas inteligências. Porém para defender suas idéias, o autor analisa as cinco aptidões propostas por salovey.

Filliozat, outro autor que estuda a inteligência emocional, afirma que não é a razão que guia o mundo, mas sim as emoções.

Piaget ressalta a interferência da afetividade no mecanismo cognitivo.

Analisar alguns aspectos afetivos que podem interferir na aprendizagem escolar é o papel do corpo como veículo para expressar essas emoções.

Segundo Maldonato (1981), o desenvolvimento emocional da criança não se processa progressivamente, implica num movimento de idas e vindas. Explica que em cada etapa podem se notar comportamentos regressivos, desorganizados ou de aparente, piora devido a alguma dificuldade particular do momento. Algumas situações são difíceis de serem enfrentadas tais como entrada na escola, nascimento do irmão, morte de alguém querido, etc.

É importante ressaltar que alguns sentimentos transmitidas pelas crianças podem prejudicá-las na aprendizagem escolar. São elas:

  • Raiva e agressividade – Segundo Massalo (1998), a agressividade aparece quando o eu é ameaçado em sua pretensão de completude e entra em estado de desestruturação. A agressividade necessariamente não é ruim, porque faz parte da condição humana, e que os professores tendem a relacionar o baixo rendimento do aluno a agressividade apresentada pelos mesmos, sem levar em consideração o seu real desempenho.
  • Medo – Ter medo é um estado natural do ser humano.
  • Stress infantil – Segundo Lipp (1991) o stress é um conjunto de reações que temos quando algo acontece que nos amedronta, nos irrita, excita ou nos faz extremamente felizes. Diante das varias causas que geram o stress, outro fator que pode vir desencadear um stress mais intenso é a escola, pois é uma instituição que influencia diretamente as crianças juntamente com o stress elevado a criança pode apresentar sérias dificuldades de aprendizagem, dificultando ainda mais seu rendimento escolar.
  • Inibição e timidez – A inibição e a timidez podem ser definidos como um desconforto diante de situações sociais que atrapalham o indivíduo na conquista dos seus objetivos para vencer a inibição e timidez é importante:

– Não ter medo de enfrentar situações tímidas;

– Não ser masoquista;

– Encontrar o próprio estilo;

– Não se menosprezar diante de elogios;

– Dominar a ansiedade e seja feliz.