A Redução Da Taxa De Crescimento Populacional. Por quê?

Segundo estimativas, a cada minuto nascem 3 pessoas no mundo, ou 180 por minuto. E haja vista que o desenvolvimento tecnológico e cientifico gera sempre um maior bem estar das pessoas, trazendo-lhes uma melhor qualidade de vida,  a lógica deveria apontar para um aumento populacional sem precedentes na maioria dos paises.

Planejamento Familiar

Planejamento Familiar

Entretanto, a projeção de muitos especialistas aponta para o sentido inverso. A taxa de crescimento populacional em alguns paises cairá sensivelmente nas próximas décadas, estabilizando-se depois.

As razões apontadas são várias:

1)       Em muitos paises as famílias estão desistindo das proles numéricas, preferindo a metodologia do planejamento familiar, onde o casal tem no máximo de 1 a 3 filhos.

2)       A despeito do avanço da medicina, a Aids está ceifando anualmente a vida de milhões de pessoas, sobretudo na África, o continente mais atingido.

3)       No Brasil, curiosamente, em razão da violência urbana e do tráfico de drogas nas favelas, a morte entre adolescentes do sexo masculino não para de crescer, e já preocupa as autoridades  e os grandes educadores.

4)       Nos países em desenvolvimento a falta de saneamento básico ameaça mais as pessoas do que os conflitos armados e as doenças letais. Mais de 6% de todas as doenças no mundo são causadas por consumo de água não tratada e  também pela falta de coleta de esgoto.

5)       Em muitos países desenvolvidos, como os do continente Europeu,  a elevação da expectativa de vida dos idosos, aliada ao baixo índice de natalidade, está provocando o envelhecimento da população.

Com base então nesses dados, percebe-se que a diminuição populacional afeta muitos paises, é verdade, mas não é generalizada – o que significa que a população mundial continuará a crescer nas próximas décadas, embora num  ritmo mais lento.