A Passarela da Barra – Balneário Camboriú

passarela da Barra com flanges para o cabeamento

A construção da passarela da Barra, em Balneário Camboriú – SC, que tem previsão para ser concluída em novembro deste ano, está passando pela concretagem da segunda torre. Chamada também de pescoço, a torre da Barra é uma das últimas etapas da iniciativa que tem como custo inicial um investimento de R$ 22 milhões. Na outra ponta, a obra atinge os últimos 10 metros de altura, para alcançar aos 57 metros finais.

O previsto é que daqui a dois meses a passarela entre em procedimento da colocação inicial da sua parte metálica, esta irá unir as duas margens, isso a uma altura de 25,5 metros sobre o Rio Camboriú.

A estrutura da construção

As quatro colunas das torres vão ter 57 metros de altura, o que equivale a um edifício de 22 andares. Cada uma das pilastras foi divida em três etapas, sendo que a primeira possui 25 metros, em uma base de quase 54 metros quadrados, a segunda 22 metros, em estrutura de aproximados 17 metros quadrados de grossura, onde será feira a passagem de pedestres e o terceira pilar com 10 metros, na qual serão instalados flanges, por onde irão passar os cabos de sustentação da ponte.

O acesso até o topo das torres será feito através de quatro elevadores, dois em cada margem do rio, com capacidade máxima para 22 pessoas cada.

O que a passarela proporcionará?

Facilitar a locomoção

Após a sua conclusão, além de se tornar mais um ponto turístico, usado como um mirante do Balneário Camboriú, a passarela irá facilitar no deslocamento de quem mora no Centro e nos bairros da região Sul.

àrea de conveniência - passarela com flangesGastronomia balneária

A passarela da Barra também irá oferecer dois ambientes gastronômicos. Os locais passarão por licitação e a intenção é que eles funcionem num formato panorâmico, proporcionando uma visão em 360º.

Área de conveniência

Além da mobilidade e da parte gastronômica, existem propostas para ser projetado ali também espaço de conveniências e a construção do mercado do peixe, com acesso exclusivo pela passarela.

Fácil navegação

A estrutura terá 195 metros de comprimento por 10 metros de largura e seu vão permitirá a navegação de embarcações com aproximadamente 24 metros de altura, acima do nível do rio.

A todo vapor

A obra está em ritmo acelerado, com a concretagem final da torre da Barra Sul, a instalação do flange para passar o cabeamento e chegando à metade do lado da Barra, de acordo com o presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização de Balneário Camboriú (Compur), o engenheiro Niênio Gontijo. “Se o trabalho continuar da maneira que vem sendo conduzido, seguiremos o cronograma, com entrega da obra até o final do ano.” Afirma ele.