A Importância Econômica de Aprender Mandarim

A Importância de Aprender Mandarim

A Importância de Aprender Mandarim

Se há alguns anos, era considerado diferencial saber falar inglês e espanhol, hoje em dia esse não é mais um critério tão importante na contratação de novos funcionários de uma empresa.  O mandarim talvez esteja tomando o lugar, devido ao crescimento econômico chinês, que só tende a aumentar.  Com as empresas brasileiras criando parcerias com as empresas chinesas, e com a realização da maior feira de negócios do mundo, a Canton Fair, os empresários veem necessidade de aprender o novo idioma, pois a língua pode ser uma barreira nas negociações.

Por que o inglês perdeu sua vez?

O inglês sempre foi o idioma predominante nos cursos e currículos, junto com o espanhol. Mas estes idiomas se tornaram comuns. Não que não seja mais importante ter o conhecimento destes idiomas, pelo contrário, quanto mais idiomas a pessoa souber, mais chance ela terá no mercado de trabalho, mas o inglês deixou de ser requisito importante e passou a ser requisito básico, assim como saber mexer em computador e internet, por exemplo. Se tornou um item no currículo que a maioria das pessoas tem, não sendo mais recurso de poucos. O inglês e o espanhol ainda são de grande importância, mas segundo estudos, é provável que em menos de 20 anos, a China se torne a nova grande potência mundial, e com isso, a importância de dominar o idioma.

Mandarim e a relação Brasil-China

O idioma se torna cada vez mais importante para o comércio, visto que os produtos chineses tem ganhado mais espaço em diversos países. O foco dos negócios internacionais está mudando: os investidores estão encantados com o crescimento do mercado chinês, que é evidente. Em 2010, a China atraiu 101 bilhões de dólares em investimentos, e está atrás do Estados Unidos na lista dos destinos de investimentos estrangeiros. Os laços Brasil-China estão se estreitando, mas a demanda ainda é pequena em território nacional. Porém a procura por profissionais que saibam o idioma é bem acentuada, não só para representar empresas chinesas no Brasil, mas porque os chineses estão entrando no país, e entendê-los é um diferencial que garante pontos extras na contratação.