A Importância de Levar as Crianças ao Dentista

O cuidado com a saúde bucal não deve ser dispensado somente aos adultos, mas também às crianças. É importante levá-las ao dentista desde cedo, para acompanhar o nascimento dos dentes e prevenir doenças bucais sérias. Esse acompanhamento pode ser feito em qualquer consultório odontológico em Curitiba, porém é interessante que os pais procurem dentistas especializados no atendimento infantil, como o odontopediatra.

Isso tem uma razão de ser: um profissional especializado na área saberá prestar o atendimento necessário à criança, lidando com seu comportamento ao aplicar técnicas psicológicas para melhor reverter situações como choro e desinteresse pelo tratamento.

O ideal é que a primeira visita ao odontopediatra ocorra assim que o primeiro dente de leite nascer, geralmente por volta dos seis meses de vida. A partir disso, todos os dentes dos pequenos nascem até dois ou três anos e esse processo deve ser acompanhado de perto por um profissional especializado.

Esse cuidado é importante, pois ajuda a evitar cáries nos dentes de leite e a verificar possíveis problemas que impeçam a saúde bucal das crianças, podendo assim agir de forma preventiva. É nesse momento também que os pais recebem as primeiras informações sobre a limpeza bucal dos filhos, ajudando-lhes a garantir dentes saudáveis e um sorriso perfeito desde pequenos.

Uma higiene oral feita incorretamente ou a inexistência dela pode trazer sérios problemas para a saúde bucal dos pequenos, como cáries e a perda do dente. Além disso, há o acúmulo de placa bacteriana, formação de tártaro e inflamação da gengiva. Daí a importância de levar os pequenos ao dentista desde cedo e ajudá-los na higienização bucal.

Segundo os odontopediatras, o recomendado é que a visita ao profissional ocorra a cada seis meses, tempo considerado ideal para examinar a boca e detectar indícios de cáries para combatê-las sem precisar de restaurações.

Levar os filhos ao dentista desde cedo também traz outra vantagem: a criança aprende a cuidar da saúde bucal de forma correta e se acostuma com o ambiente, profissional e procedimentos realizados, perdendo o medo do dentista. Assim, a visita se torna algo rotineiro e não um tormento para a criança.