A Fábrica Hytera é Top em Comunicação Móvel no Setor Profissional

Os setores relacionados à comunicação móvel profissional são ampliados em todo o mundo. Há vários nichos que dependem desse tipo de comunicação para ter suas comunicações funcionando e confiáveis, e procuram ocupar produtos que estejam na vanguarda da tecnologia e possam satisfazer cada uma das premências de seus consumidores que todos os dias dependem e pedem mais qualidade. A fábrica Hytera tem sido destaque nesse ramo e com seus aparelhos de alta qualidade atendem a variados segmentos como o governamental, o militar, o de transportes, de segurança entre tantos outros, onde a comunicação móvel é premente.

Hytera em resumo

Com sua fundação nos anos 1990, no país chinês, já representa um lugar de liderança no mercado de Rádio Móvel Profissional e tem negócios com mais de 80 países em todo o mundo, disponibilizando seus produtos de alta tecnologia aos seus consumidores, diversificando-se de dos outros fabricantes por ter um objetivo de aperfeiçoamento totalmente focado no consumidor. Cerca de 10% de sua lucratividade é integralmente utilizado no desenvolvimento de tecnologias avançadas e de funcionários que participam de sua força de trabalho. São cerca de 800 profissionais nas áreas de engenharia e de pesquisa de novos equipamentos, acessórios e aparelhagens, focando no setor digital, com novos recursos sendo divulgados a cada ano e aperfeiçoamento constante de seus aparelhos.

O número de outras filiais alcança 20 mil e os seus funcionários podem chegar a 600 no mundo. Suas sedes subsidiárias se encontram na Inglaterra, países da Ásia e Alemanha e é parte de um grupo mundial onde cada um possuem uma presença importantíssima para desenvolver toda a Hytera, já estando no segundo lugar no nicho de terminais.

Novíssimas tecnologias atuais

O mercado pede e a fábrica Hytera se mostra sempre pronta para atender às demandas de seus usuários, estruturando uma parceria importante com todos eles através do desenvolvimento de dinâmicas aparelhagens, como TETRA, DMR e PDT, mostrando desenvolvidas técnicas para esses sistemas digitais. A negociação da divisão TETRA da fábrica Rohde & Scharz, ocorrida em 2011, auxiliou com que essa técnica pudesse aparecer como mais um ponto positivo para o mundo de comunicação. Na China, ela é importante no setor de entroncamento digital, se mostrando como primeiro e tendo participação ativa dos terminais analógicos e de entroncamento do nicho de segurança de todo o país, e também nos sistemas de transmissão das grandes linhas de metrô.

Para mais informações visite: Hytera Communications. Visite também: rádios UHF.