7 Dicas Para Evitar a “Saidinha De Banco”

Por conta da violência que infelizmente cresce em nosso país, quem entra numa agência bancária para sacar algum dinheiro,  tem sempre aquela sensação terrível de que poderá    ser a próxima vítima do golpe conhecido como “saidinha de banco”.

Portanto, para você não  ser a próxima vítima, veja algumas dicas básicas:

1)      Nunca, em hipótese alguma, peça ajuda a estranhos. Na agência bancária há funcionários devidamente credenciados para auxiliar os clientes.

2)      Só saia de frente do guichê quando já estiver com o dinheiro guardado; e de preferência nunca o guarde  num só lugar.

3)      Ao sair, observe se alguém que estava na fila saiu imediatamente para seguir você. Caso isso aconteça, fique no banco e chame a polícia. Lembre-se: nem sempre a abordagem acontece em frente à agência. Os assaltantes geralmente seguem a vítima, a pé ou de moto, até um lugar menos movimentado ou, em alguns casos, até à casa da própria vítima.

4)      Jamais conte o dinheiro em público, e procure evitar fazer os mesmos trajetos ao sair.

5)      Evite sacar dinheiro à noite. Os riscos tendem a ser maiores nesse período.

6)      Se for mesmo preciso sacar quantias altas, procure fazê-lo na mesa do gerente do banco e num local que não seja visível a estranhos. E após o saque, jamais saia a pé ou entre num  ônibus. A preferência é usar um carro, ou pegar um táxi.

7)      Uma das dicas mais importantes: não tente reagir caso seja abordado pelo golpista. A tua vida não tem preço. Procure imediatamente a polícia ou a delegacia mais próxima, e faça um boletim de ocorrência.

Como vimos, são sete dicas básicas que  podem  ajudar  a evitar que você seja a próxima vítima da terrível “saidinha de banco”.