6 Passeios de Trem pelo Brasil e na América Latina

Você sabia que o Brasil já foi um país com extensas ferrovias e que, ainda hoje, é possível realizar passeios e viagens turísticas de trem tão, ou mais, divertidas e prazerosas como as viagens de avião ou carro para vários destinos do país? Afinal, viajar de trem pelo Brasil significa admirar a paisagem enquanto o veículo segue rumo ao seu destino final.

E não apenas no Brasil, na América Latina é possível encontrar ótimos passeios de trem. Confira agora 5 viagens de trem pelo Brasil e em nosso continente.

Viagem de Trem

Trem dos Ingleses – São Paulo

Localizado na vila de Paranapiacaba, na cidade de Santo André, SP, o passeio de trem é realizado em um veículo maria-fumaça, com duração curta de apenas 20 minutos e com trajeto dentro de um trecho do antigo pátio de manobras de Paranapiacaba, inserido agora no Museu Ferroviário. O valor mínimo para o passeio é R$5,00.

Trem do Pantanal – Mato Grosso do Sul

Saindo da cidade de Aquidauana, o trem segue para o município de Miranda e, durante a jornada, o turista avista cachoeiras, rios, aldeias indígenas, floradas de ipês, a Serra da Bodoquena e também a Serra do Maracaju.

O preço da viagem custa R$90,00 por trecho percorrido e está sujeito a alterações.

Trem das Águas, Minas Gerais

Com cerca de dez quilômetros para aproveitar o passeio entre a estação central de São Lourenço até o destino final, na estação da cidade de Soledade de Minas, o passageiro tem a oportunidade de vislumbrar o rio Verde e vales belíssimos. No município de Soledade de Minas, há um tempo para que o turista possa aproveitar os prazeres da região, com suas feiras de artesanato e quitutes típicos. O preço do passeio está em R$50,00.

Agora confira as opções na América Latina

Trem da Morte na Bolívia e Chile

Um trem com esse nome assusta logo de cara, não é verdade? Não vamos mentir, o trajeto possui vários percalços assustadores, mas não é este o motivo para o nome “Trem da Morte”. Ele ficou conhecido assim quando a composição transportava leprosos, doentes e vítimas de uma grande epidemia de febre amarela na região de Santa Cruz, responsável por várias mortes no século passado.

A viagem começa na Estação Puerto Quijarro na Bolívia e tem em seu destino final a cidade Santa Cruz.

Puerto Quijarro é uma estação extremamente movimentada e o trem muito disputado por nativos. Não existe conforto para realizar essa viagem, mas o custo pode compensar, por conta da paisagem do trajeto. A passagem custa o equivalente a R$6,00.

Trem turístico da região do Maule no Chile

O mais novo dos trens dessa lista, o trem turístico da região do Maule no Chile realiza esse passeio em prol de mostrar aos turistas estrangeiros a cultura, artesanato e gastronomia do país.

Saindo da cidade Talca, o trajeto tem paradas em três estações que são Corinto, Curtiduría e, sua parada final, Gonzáles Bastías.

Há paradas em todas as estações, sendo a mais longa em Gonzáles Bastías, com tempo de sobra para almoçar, aproveitar a paisagem e os prazerosos vinhos locais.

Trem do fim do mundo na Argentina

Localizado aqui do lado, na Argentina, o trem do fim do mundo, ou Ushuaia, como também é conhecido, fica no Parque Nacional da Terra e Fogo. Originalmente, o trem era usado para que presidiários pudessem recolher lenha para a população da região.

Hoje o trem serve para contar a história da Patagônia. A viagem começa exatamente na estação que dá o apelido ao passeio, a Estação do Fim do Mundo, localizada e oito quilômetros de Ushuaia.

No trajeto você poderá observar florestas antigas, rios e a reconstrução de assentamento nativo. Com parada na cascata Macarena e finalizando a viagem no interior do Parque Nacional da Terra e Fogo.