5 Cidades que Estão Gerando Emprego Apesar da Crise

Cidades que estão gerando emprego na crise

Cidades que estão gerando emprego na crise

Veja quais cidades brasileiras estão conseguindo driblar a crise e gerar emprego.

Desde 2014, o número de empregados no mercado de trabalho só vem caindo e houve grandes cortes de orçamento em empresas de praticamente todos os setores do Brasil. Ao colocar na ponta do lápis o número de oportunidades abertas e fechadas, descobre-se que mais de 3 mil cidades brasileiras fecharam o primeiro semestre de 2015 com boas expectativas. Isso, entretanto, não foi o suficiente para compensar o número de cortes de empregos no país, que só no primeiro semestre contabilizaram 345 mil. Dessas 3 mil cidades que conseguiram um saldo positivo, mais da metade não conseguiu gerar empregos. Segundo estudos do IBGE, existem, porém, algumas cidades brasileiras que, de alguma forma, conseguiram ir na contramão e driblar as tribulações do cenário de crise. Essas cidades podem servir de parâmetro para quem começou o ano de 2016 desempregado e deseja sair em busca de novas oportunidades de trabalho.

Procurando vagas? Ainda não tem Currículo online? Encontre milhares de vagas de emprego em todo o Brasil.

Franca – SP

Franca se destaca pela agricultura e possui importantes centros de comércio, além de ser um dos mais importantes centros de produção de café do Brasil. Em 2015, a cidade gerou cerca de 6 mil novas vagas e, dentre seus setores, destacam-se a Indústria da Transformação e o setor de Serviços.

São Paulo – SP

Principal centro mercantil, financeiro e econômico da América Latina, a capital paulista apresenta um dos maiores salários médios do país, tendo gerado 5,7 mil novas vagas em 2015. Além da conhecida força que a cidade tem no segmento da Agropecuária, o setor de Serviços também abriu portas para novos profissionais.

Blumenau – SC

Blumenau está entre as quatro maiores economias de Joinville e é o maior centro industrial de Santa Catarina, destacando-se na indústria têxtil e na produção de cervejas artesanais, bem como no turismo. Foram 4 mil novas vagas geradas em 2015. Os principais setores agraciados foram a Administração Pública e a IT.

Londrina – PR

Londrina está entre as 100 cidades brasileiras mais desenvolvidas do Brasil e tem forte contribuição nos setores Industriais e de Comércio. Em 2015, foram geradas pouco mais de 3,5 novas vagas para os setores de Serviços e IT.

Venâncio Aires – RS

Venâncio Aires está situada no Rio Grande do Sul e, desde 2014, vem registrando um crescimento constante no número de empregos gerados. Como dois de seus principais pilares econômicos estão os setores da Indústria da Informação e de Serviços, que juntos geraram pouco mais de 3,1 novas vagas no mercado.